Início > 25 DE ABRIL, REVOLUÇÃO > 25 DE ABRIL SEMPRE

25 DE ABRIL SEMPRE

Image and video hosting by TinyPic

20-7-1974,in Diário de Lisboa (suplemento mosca), n. 18516, p. 3

 A contestação é legítima assim como o direito à reunião, à manifestação e à livre expressão. Essas são aliás algumas das mais preciosas conquistas do 25 de Abril que ainda conservamos. Parte da nossa vontade agir em conformidade com esse direito, e usá-lo.

Os governantes estão no poder mandatados pelo voto popular. Mas há quem diga que estão “mandados” (por que outras forças que se sobrepõem aos interesses da Nação?). Se o povo não está contente com o rumo de Portugal, com os governantes, com as leis absurdas que foram pondo em prática, com a corrupção, a falta de respostas da justiça, da saúde e da educação, com as imposições dos tratados da União Europeia, então que não vote em nenhuma dessa gente que já lá esteve antes contribuindo para este estado das coisas. Dizem-nos que é a crise mas nós sabemos quem fica a lucrar com ela. Já passámos por várias outras crises e são sempre os trabalhadores que saem a perder. Os portugueses têm que voltar a unir-se por uma governação verdadeiramente socialista e recusar colaborar e legitimar esta fantochada. Se baixarmos agora a resistência e dermos votos ao autoritarismo vigente corremos o risco de perder a Democracia e o que nos resta dos direitos conquistados. 25 de ABRIL, SEMPRE!

 

Kaótica

O Pafúncio

Image and video hosting by TinyPic

O que o actual sistema ultra-liberal, ultra-capitalista, ultra-conservador com contornos e tiques fascisoides está a fazer ao espírito do 25 de Abril é, pura e simplesmente, tentar acabar com o mesmo.

Nunca um governo do pós-25 de Abril foi tão arrogante, incompetente e inimigo do Povo, nunca as suspeições de corrupção foram tão evidentes, tão feitas às claras, nunca governantes e seus lacaios conseguiram tanta impunidade, tanta trapaça, tanta vigarice.

Os Homens e Mulheres que fizeram a revolução devem-se sentir tristes e frustrados por verificarem que passados trinta e cinco anos e ao contrário do que previram, Portugal é governado por uma chusma de oportunistas, vigaristas e trafulhas.

Também todos os anti-fascistas, desde anarquistas, libertários, comunistas, socialistas, passando pelos verdadeiros sociais-democratas, todos eles os quais muitos com a própria vida, encarcerados em prisões miseráveis e ilegais, campos de concentração desprezíveis, todos esses devem perguntar agora: de que valeu o nosso sacrifício se as coisas estão na mesma ou piores?

 

VIVA O 25 DE ABRIL DO POVO

VIVA A REVOLUÇÃO POPULAR

 

# ferroadas

 

DIA DA LIBERDADE!

25abril

 

# Marreta

 

 

Gritem façam qualquer coisa mas não fiquem parados!

O que aconteceu ao meu país?
Não me venham com a treta do D.Sebastião,que nevoeiro vos tapa os olhos?
Os olhos dos portugueses estão tristes e não é só às vezes
Porque paira no ar este anticiclone de tristeza?
Até os cantores se calaram, já não há mais vontade de cantar
Já não se baila e de repente vai-se perdendo o jeito de lutar.
Quem quer matar o meu país?

 

 

 

 

 

Anúncios
  1. 25 Abril, 2009 às 1:10 am

    Foi para isto o 25 de Abril?

    Tráfico de influências nas Cidades de Angra & Praia.

    Só visto ver e ler para crer, tudo em: http://mynameisfairplay.blogs.sapo.pt/

  2. Pata Negra
    28 Abril, 2009 às 11:03 pm

    Eh pá, com este arranjo blogueiro, não sei se estou a dar o comentário ao post da Kaótica, do Ferroadas, da Mariazinha ou do Marreta, mas como gosto dos quatro postes e das quatro silhuetas, vale o mesmo, somos do mesmo abril e da mesma camioneta!…
    Eu não apelo ao voto em nenhum partido, deixo isso há liberdade de cada um. Só peço que não votem em quem nos tem ultrajado, entende-se?! Votem no PC, no BE, no PCTP, no MRPP, na FEC-ML, no POUS, no PT, no PH no raio que os parta, não faltam escolhas! Votem até no PNR ou lá o que ele é, nos fascistas assumidos!… Sim, que ao menos esses são assumidos! Talvez que se tivessem uns votos e mais voz as coisas se clarificassem mais! Não votem é no PS/D/PP! Basta de paspalhice! Basta de “os outros são as mesma coisa”, “são todos iguais”, “não há alternativa” e depois os votos aparecem lá contados a dar-lhes a arrogância com que nos tratam!
    A proposta que faço aos libertários é a seguinte: 10 passos para convencer os asnos que dão os votos aos gajos, que lhes dão cabo da vida, para não votarem neles – 10 passos para convencer os não menos asnos que dizem que não votam a votar em alguém, em branco ou, em último caso, em mim, por exemplo!
    Um abraço libertário-solidário-revolucionário e às vezes também de amizade

  3. Anónimo
    5 Maio, 2009 às 3:43 pm

    Podiam melhorar o site

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: