Início > Europa, liberdade, NEOLIBERALISMO > GOVERNAR NAS COSTAS DO POVO

GOVERNAR NAS COSTAS DO POVO

Image and video hosting by TinyPic

imagem AQUI

Tal como se previa as eleições europeias para além de serem uma faustosa feira de vaidades e um gastar dinheiro à tripa-forra, de nada alteraram a não ser duas coisas:

A vitória e o consolidar da direita e o aumento da abstenção.

Na óptica dos iluminados de sempre se a primeira situação era esperada fruto da actual situação de crise em que vivemos, a segunda foi o desinteresse que os cidadãos têm por estas eleições.

Não é bem assim, ou melhor, não é nada disto, mais uma vez estes tipos tentam-nos atirar areia para os olhos e chamar à maioria do Povo estúpido.

Quanto a mim, a vitória da direita deve-se única e simplesmente à incapacidade desta esquerda, tão simples como isto. A esquerda ou pelo menos parte dela não foi capaz de mobilizar o Povo, dizer-lhe com honestidade e clareza as suas ideias, com propostas simples e objectivas, explicar-lhe como funciona a UE, quem decide, quem manda no quê e em quem, que papel nos cabe nas decisões, qual o caminho alternativo para esta UE que apenas serve o capitalismo e a burguesia instalada em Bruxelas, para além de tomarem decisões nas costas do povo, sempre contra ele e a favor do grande capital. 

A abstenção não foi mais do que o corolário de toda a incapacidade dos partidos em dizerem-nos claramente o que pretendem. Todos eles, com raras excepções, fizeram a campanha da “caça” ao voto, dizer que a “minha galinha é melhor que a do vizinho” é a forma mais simples e ao mesmo tempo desonesta de fazer política para o Povo, pois este, ao contrário de do que muitos julgam, não é analfabeto nem parvo, muito menos estúpido e na hora e altura certas sabe dizer BASTA.

Basta de hipocrisia, de mentira, de troca-tintas, de falsos profetas, de pseudo-salvadores, de pseudo-líderes mais ou menos sabichões, etc.. A maioria do Povo da UE disse que NÃO quer esta Europa, estes líderes, estas políticas, esta economia, não quer esta gente a manobrar a seu belo prazer as suas vidas e a dos seus filhos. A maioria do Povo “disse” que a Europa dos Povos e nações independentes se faz com Ele, não nas suas costas, a Europa constrói-se com Povos Livres e independentes e não a mando de uma dúzia de tecnocratas bem falantes e anafados que vivem no mais profundo luxo em Bruxelas.

Em minha opinião foi mais uma derrota do sistema actual, deste sistema que coloca o sow-off partidário em primeiro lugar em detrimento do essêncial, o Povo.

 # Ferroadas

Anúncios
  1. Manuel Baptista
    12 Junho, 2009 às 5:18 pm

    Estou de acordo contigo, mas acho que falta dizer uma coisa:
    nós, como elementos de uma esquerda anti-autoritária, libertária, temos o dever moral de ser capazes de nos unirmos, naquilo em que existe terreno comum (e é muito grande!), para fazer avançar uma outra forma de fazer política, uma outra estrutura diferente da dos partidos de poder; uma estrutura não centrada na conquista do poder político, mas sim na partilha das nossas capacidades que, colectivamente, são imensas; muito superiores às da clique que nos governa e aos seus janissários, aos seus mercenários, que se estão constantemente a pavonear na média corporativa.
    Como fazer? Não há receitas, mas podemos sempre ir procurando, em troca fraterna, construir assembleias populares; construir uma prática de debate para a acção (envolvendo pessoas activas em várias instâncias do movimento social). Mas produzir isto para nós mesmos; para nossso auto-governo ( ou auto-empossamento); não para efeitos mediáticos.
    Fica aqui o repto.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: